Blog

Buscar
  • Tati K. Presch Oscalis

Acredita que muitos que vão ler este blog não tenham ideia de como pode ser completo desenvolver um acessório de decoração.

Para quem pensa que é só um lacinho ali na embalagem se engana e muito.

Este lacinho que muitos acreditam que até uma criança faz tem que ter um tamanho condizente com a embalagem.

As cores têm que combinar com o produto e sua embalagem, a largura da fita tem que dar um toque de harmonia.

Também temos que falar do tipo de fita, onde cada uma tem a sua personalidade própria.... O cetim com seu brilho, o Gorgurão com seu toque de clássico ou o veludo com seu glamour. Isso pra não esquecer o tafetá, voal, cetim dupla face, Gorgurão pespontado, entre outros.

Ah, tem que pensar também em como vai ser colocado no frasco: com elástico de silicone, pingente, elástico chato, encaixe, regulador ou mesmo um método novo.

E se o produto for dentro de uma caixa, será que o acessório não vai amassar?

Se for o laço, vai ter perna, qual o tamanho da perna? Será cortada reta ou na diagonal? A ponta do bico da perna será pra dentro ou pra fora?

E o meio, merece um detalhe ou será com a mesma fita que o restante? Podemos colocar um aplique, qual será esse aplique? Como vou colocar este aplique: cola quente, cola de silicone, cola de tecido, costura, prender com a própria fita...

Será que vai ter pingentes? Estes não pode atrapalhar o visual do rótulo.

E o custo? Está dentro do que o cliente está disposto a pagar? Do que o produto absorve na venda?

A fita que quase nunca é exclusiva tem no mercado? Não vai faltar pro segundo ou terceiro lote?

Tem também que pensar no que o cliente quer/gosta, o que muitas vezes é bem distante do que nos pessoalmente gostamos.

Aqui abro um parênteses para uma historinha... Fomos atender uma cliente "meio perua", que amava brilhos e paetês. E eu odeio excessos principalmente de brilhos. Fiz um monte de amostras pra ela, e nada ela gostava, até o momento que entendi que ela queria uma " árvore de natal". E quando apresentamos um laço grande e c muito brilho ela se encantou. A minha vontade era falar quanto eu não gostei e achava aquele laço um exagero. Mas cliente é cliente e eu deixo pra colocar o meu estilo nas minhas roupas e na minha casa. Em um desenvolvimento o importante é o acessório de decoração demostrar a essência do produto e de quem o desenvolve.

Bom deu para perceber que quando coloquei o lacinho naquele perfume muitos lacinhos foram feitos e testes para chegar naquilo que parece simples, harmônico e integrado ou produto.

Na próxima vez que ver um produto com seu acessório de decoração, não deixe somente o seu subconsciente perceber sua beleza, seja consciente e também valorize o lacinho que de simples não tem nada!

0 visualização0 comentário
  • Tati K. Presch Oscalis

Alga vezes me pego em meio a um desenvolvimento e mesmo com várias amostras terminadas e até o projeto já entregue para o cliente eu não estou satisfeita com o que criei, sei que ainda não é exatamente este o acessório ideal.

E foi no meio de um desenvolvimento de um acessório para uma linha de sabonetes líquidos que eu fui dormir pensando no que seria o melhor para aquele produto.

O logo da cliente, uma flor onde o meio é um círculo e em volta ela parece crespinha.

As amostras já haviam sido entregues para a escolha da cliente. Mas a minha cabeça continuava a pensar.

Dois dias depois a resposta, uma das amostras tinha sido aprovada, porém com modificações. O que é normal para nós.

Foi neste dia que sonhei com o acessório perfeito, uma flor que o meio era um botão e em volta com a fita ficava exatamente o logo da cliente.

Acordei e fui direto para a máquina de costura, não poderia perder a criação do meu subconsciente.

Não imaginem que a primeira tentativa de fazer a flor como sonhei saiu como eu imaginava. Mas eu persisti, até sair exatamente como no sonho. E ser possível de ser produzido em larga escala, o que chamamos de artesanato industrial.

Agora vem a parte mais complicada, mandar pra cliente e ela aprovar. Muitas vezes parece que o perfeito para mim não é assim tão bom aos olhos dos clientes, mas desta vez sim acertei, e ainda escutei um "nossa é muito mais do que eu poderia imaginar, ficou ótimo".

O ego vai lá na Lua e volta. Como é bom entender o que o cliente quer e precisa.

Apesar que nem sempre é bem assim.

Esse é um dos projetos que sempre lembro com muito carrinho pois me faz acreditar que mesmo quando já penso em tudo e entregamos o nosso melhor um perfeito pode vir,e para isso temos que prestar atenção nos mínimos detalhes pois a ideia pode vir de onde menos esperamos.


0 visualização0 comentário
  • Tati K. Presch Oscalis

Muitas vezes recebemos projetos praticamente fechados, onde não podemos modificar o acabamento, nem dar muitas ideias ou opiniões de melhorias, mas com este cliente fomos chamadas para fazer parte do projeto. Um perfume novo que seria lançado. A fragrância, frasco e até as cores já estavam definidas, o que faltava era a cereja do bolo, o laço.

Nos apresentaram todo o projeto e fomos para o ateliê com a missão de desenvolver o laço perfeito, mas de verdade eu não conseguia imaginar um laço naquele frasco...

Lá vou eu passar um tempão olhando o frasco, e vendo as cores definidas para imaginar O laço. quando é assim, e estou sem ideia começo a colocar e ver como fica o laço essencial, depois um duplo e daí pensamento vem, pensamento vai... pode ser que uma echarpe fique bom aqui.

Alguns modelos de echarpe em fitas e larguras diferentes, e eis que floresce a ideia de colocar um flor.

E não é que o frasco parecia feito para receber aquela flor ali!

Apresentamos e realmente a flor foi escolhida, e dai começa o desafio, são 8000 unidades para começar, fui procurar a amostra de cor para ser aprovada pelo cliente e descubro que nenhuma loja tem 400 rolos de fita de voil na cor rosa. E descobri também que esta fita é importada, ou seja, poderíamos conseguir um primeiro lote mas se tivesse sequencia provavelmente ficaremos na mão de uma importação que pode chegar a cada 6 meses ou até mesmo uma vez por ano.

Pesquisamos como tingir a fita, mas mesmo a fita branca que existe mais opções de mascar poderíamos não encontrar nessa quantidade.... procura vai, procura vem e conseguimos uma fita que nem é muito vendida nas lojas de armarinhos, mas que é nacional, e que quase sempre que pedimos esta quantidade temos que esperar os 15 dias de fabricação, mas sabemos que chega.

E assim conseguimos atender o cliente já por mais de 3 anos com a Flor Peônia, mas tenho que confessar que algumas vezes liga o cliente perguntando se o laço já estão prontos para serem retiradas.....


Parei por aqui... boa noite e a próxima história pode ser do molde do primor....



0 visualização0 comentário

Whatsapp: +55(11) 990-036-180

Telefones para contato:

+55(11) 981-339-749

+55(11) 982-542-122

  • Facebook - círculo cinza
  • Instagram - Cinza Círculo
  • YouTube - círculo cinza
  • Google+ - círculo cinza
  • LinkedIn - círculo cinza